Prescrição Online Consultas

Bem-vindo a Nutriterápica!

A Nutriterápica é uma clínica especializada em Nutrição Clínica e Terapia Nutricional Enteral e Parenteral, incluindo o preparo de nutrições enterais e soluções de nutrição parenteral, fundada em 1999. Possui equipe multiprofissional de terapia nutricional (EMTN) composta por médicos, nutricionistas, enfermeiros e farmacêuticos dirigidos pelo Dr. Jonas Cortez Moreira Junior, especialista em Nutrologia pela ABRAN e em Terapia Nutricional Enteral e Parenteral pela SBNPE. Realizamos atendimento ambulatorial, domiciliar e hospitalar.


CONTINUE LENDO

SERVIÇOS

CONHEÇA O QUE OFERECEMOS DE MELHOR PARA SUA NECESSIDADE




Consultas em Nutrologia

Consultas em
Nutrologia / Nutrição

Home Care Nutricional

Home Care
Nutricional

Assistência Hospitalar

Assistência
Hospitalar

Nutriscience

Nutriscience

GALERIA DE IMAGENS



Alguns tratamentos, como a quimioterapia, causam efeitos colaterais que enfraquecem o organismo. Por isso, o acompanhamento nutricional é fundamental. Uma alimentação adequada ajuda a prevenir a desnutrição e melhora a resposta imunológica, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos pacientes. Portanto: ✔Realize 5 a 6 refeições por dia; Consuma todos os dias frutas, verduras e legumes, dê preferência in natura, sempre com uma higienização adequada; ✔Prefira alimentos integrais, como os pães; ✔Evite o consumo de alimentos ricos em gorduras e frituras; ✔Consuma alimentos com a temperatura de morna a fria. O acompanhamento nutricional é de suma importância nesse período de tratamento. Procure a opinião de um profissional nutricionista. #NutriçãoOncológica #BemEstar #Nutriterápica

O clima um pouco mais frio e úmido contribui para as crises de espirro, alergias, coceiras e secreções no nariz, coriza, tosse e até mesmo febre. Os líquidos certos ajudam a drenar os seios da face de diluir o muco: abuse da água, chás e sopas. Frutas e legumes com vitamina C possuem bioflavonóides, substância com propriedades anti-inflamatórias: laranja, limão, tangerina, abacaxi, uva, amora preta, morangos, mamão papaia, kiwi, pimentão amarelo.. O zinco, da mesma forma, é um dos protagonistas na recuperação de casos de sinusite e rinite: carne de boi, ostras, vitela, peru, cordeiro, sementes de abóbora, amendoim e amêndoa. E atenção: cebola, alho, raiz-forte, pimentas, tomilho, gengibre, canela, cravo e cominho são descongestionantes naturais. #Rinite #Sinusite #VidaSaudável #Nutriterapica

Você conhece o licopeno? Ele é um antioxidante vermelho e que ajuda a prevenir câncer e ainda faz bem para o coração Alimentos de coloração vermelha como o tomate e a melancia, por exemplo, são ricos em licopeno. O primeiro pode ser consumido em forma de molho, uma vez que o aquecimento rompe a parede celular e libera mais o oxidante. E para matar a vontade de doce? A solução é geleia caseira, que pode ser feita de melancia, fruta rica em licopeno. Dá para misturar com iogurte, queijo ou colocar direto na torrada. #Licopeno #VidaSaudável #Nutriterápica

Existem formas de adoçar o paladar de maneira mais saudável e igualmente saborosa. O primeiro passo para uma alimentação mais nutritiva e equilibrada é mesmo evitar os alimentos e bebidas que possuem alto teor de açúcar na sua composição, como: refrigerantes e sucos industrializados, prefira sucos naturais. É importante observar o açúcar adicionado nos alimentos, aquele que se coloca no cafezinho, por exemplo. Neste caso, a dica é substituir o açúcar industrializado e refinado pelo mascavo ou demerara Nesta época de fim de ano é bom tomar cuidado com o produto mais popular e querido das mesas natalinas: o panetone. Isso porque o pão é rico em gorduras e açúcares, além de ser carboidrato que, em excesso, vira açúcar no corpo também. Entretanto, vale ressaltar que esses alimentos não são proibidos, é o excesso que faz mal. #Açúçar #VidaSaudável #Nutriterápica

De vez em quando somos pegos de surpresa por uma fome repentina durante a noite. Apesar de ser desaconselhado consumir alimentos pouco antes de dormir, alguns nutricionistas indicam o que comer à noite, caso a fome aperte. A ceia deve ser uma refeição leve, rica em proteína, triptofano e alimentos ricos em vitamina B6. Esses nutrientes auxiliam na regulação da melatonina(hormônio do sono) e contribuem para a qualidade do sono, tais como: Castanhas, Iogurte Natural, Banana, Frutas Vermelhas e Queijo Branco Minas. #FomeNoturna #BemEstar #Nutriterapica

A doença celíaca é causada pela intolerância ao glúten, uma proteína encontrada em diversos alimentos. É uma condição crônica, autoimune, que afeta o intestino delgado de adultos e crianças geneticamente predispostos. A doença causa atrofia da mucosa do intestino, causando prejuízo na absorção dos nutrientes, sais minerais e água. Os principais sintomas são dor abdominal, diarreia, queda de cabelo frequente, lesões na pele, cansaço e mais. Quem é diagnosticado com a enfermidade deve evitar o consumo de trigo, aveia, cevada, centeio e seus derivados, como massas, pizzas, bolos, pães, biscoitos, cerveja, uísque, vodka e alguns doces. #DoençaCeliaca #VidaSaudável #Nutriterapica

O Alzheimer causa a morte de células cerebrais e consequentemente a perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem). Enquanto não existe um remédio para combater da doença, alguns pesquisadores defendem que a abordagem nutricional pode ser uma poderosa arma contra os seus efeitos. A dieta Mind (um acrônimo de "intervenção mediterrânea para atraso neurodegenerativo" e que forma a palavra inglesa correspondente, em português, a "mente"), reduz em até 53% do risco de desenvolver o Alzheimer e prioriza o consumo diário de vegetais, nozes, feijões, peixes, aves, grãos integrais, azeite e bem pouco de vinho tinto. #Alzheimer #VidaSaudável #Nutriterapica

O cálcio é fundamental para o fortalecimento de ossos e dentes, para o crescimento, a coagulação sanguínea, para transmitir impulsos nervosos, na contração e relaxamento muscular e também para controlar o ritmo cardíaco. Apesar de os produtos lácteos serem boas fontes de cálcio, é possível suprir essa necessidade sem leite. Verduras verde-escuras, gergelim, algas, amêndoas, feijão, leguminosas, marisco, tofu (queijo de soja), ovos e nozes são outras formas de obter a quantidade cálcio necessária para o nosso organismo. #Cálcio #VidaSaudável #Nutriterápica

A pipoca além de um lanche delicioso, contém em sua composição fibras, que colaboram para o trânsito intestinal. Sem falar no grande poder antioxidante, pois ajuda a proteger o organismo contra os danos causados pelos radicais livres, desacelerando o envelhecimento. Estudos da Universidade Scranton, nos Estados Unidos, apontam ainda que a pipoca é capaz, também, de prevenir doenças degenerativas, como o câncer e, por fim, auxilia na prevenção do diabetes, e (até!) no controle dos índices de colesterol. #Pipoca #VidaSaudável #Nutriterapica

BLOG

Acompanhe dicas e novidades sobre alimentação saudável e bem-estar




INTERAJA COM A NUTRITERÁPICA

Curta e siga nossas redes sociais e fique por dentro do conteúdo

FACEBOOK
INSTAGRAM
Seguir

Alguns tratamentos, como a quimioterapia, causam efeitos colaterais que enfraquecem o organismo. Por isso, o acompanhamento nutricional é fundamental. Uma alimentação adequada ajuda a prevenir a desnutrição e melhora a resposta imunológica, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos pacientes. Portanto: ✔Realize 5 a 6 refeições por dia; Consuma todos os dias frutas, verduras e legumes, dê preferência in natura, sempre com uma higienização adequada; ✔Prefira alimentos integrais, como os pães; ✔Evite o consumo de alimentos ricos em gorduras e frituras; ✔Consuma alimentos com a temperatura de morna a fria. O acompanhamento nutricional é de suma importância nesse período de tratamento. Procure a opinião de um profissional nutricionista. #NutriçãoOncológica #BemEstar #Nutriterápica

O clima um pouco mais frio e úmido contribui para as crises de espirro, alergias, coceiras e secreções no nariz, coriza, tosse e até mesmo febre. Os líquidos certos ajudam a drenar os seios da face de diluir o muco: abuse da água, chás e sopas. Frutas e legumes com vitamina C possuem bioflavonóides, substância com propriedades anti-inflamatórias: laranja, limão, tangerina, abacaxi, uva, amora preta, morangos, mamão papaia, kiwi, pimentão amarelo.. O zinco, da mesma forma, é um dos protagonistas na recuperação de casos de sinusite e rinite: carne de boi, ostras, vitela, peru, cordeiro, sementes de abóbora, amendoim e amêndoa. E atenção: cebola, alho, raiz-forte, pimentas, tomilho, gengibre, canela, cravo e cominho são descongestionantes naturais. #Rinite #Sinusite #VidaSaudável #Nutriterapica

Você conhece o licopeno? Ele é um antioxidante vermelho e que ajuda a prevenir câncer e ainda faz bem para o coração Alimentos de coloração vermelha como o tomate e a melancia, por exemplo, são ricos em licopeno. O primeiro pode ser consumido em forma de molho, uma vez que o aquecimento rompe a parede celular e libera mais o oxidante. E para matar a vontade de doce? A solução é geleia caseira, que pode ser feita de melancia, fruta rica em licopeno. Dá para misturar com iogurte, queijo ou colocar direto na torrada. #Licopeno #VidaSaudável #Nutriterápica

Existem formas de adoçar o paladar de maneira mais saudável e igualmente saborosa. O primeiro passo para uma alimentação mais nutritiva e equilibrada é mesmo evitar os alimentos e bebidas que possuem alto teor de açúcar na sua composição, como: refrigerantes e sucos industrializados, prefira sucos naturais. É importante observar o açúcar adicionado nos alimentos, aquele que se coloca no cafezinho, por exemplo. Neste caso, a dica é substituir o açúcar industrializado e refinado pelo mascavo ou demerara Nesta época de fim de ano é bom tomar cuidado com o produto mais popular e querido das mesas natalinas: o panetone. Isso porque o pão é rico em gorduras e açúcares, além de ser carboidrato que, em excesso, vira açúcar no corpo também. Entretanto, vale ressaltar que esses alimentos não são proibidos, é o excesso que faz mal. #Açúçar #VidaSaudável #Nutriterápica

De vez em quando somos pegos de surpresa por uma fome repentina durante a noite. Apesar de ser desaconselhado consumir alimentos pouco antes de dormir, alguns nutricionistas indicam o que comer à noite, caso a fome aperte. A ceia deve ser uma refeição leve, rica em proteína, triptofano e alimentos ricos em vitamina B6. Esses nutrientes auxiliam na regulação da melatonina(hormônio do sono) e contribuem para a qualidade do sono, tais como: Castanhas, Iogurte Natural, Banana, Frutas Vermelhas e Queijo Branco Minas. #FomeNoturna #BemEstar #Nutriterapica

YOUTUBE
Inscreva-se

Copyright - Nutriterápica | 2019